Testemunhas do caso Paulo Molinari começam a ser ouvidas

Empresário deverá ser ouvido pela Justiça na semana que vem

Aconteceu na terça-feira, 4, no Fórum Municipal, a primeira audiência de instrução sobre o processo em que o empresário Paulo Molinari, 73, é acusado de abusar sexualmente da filha de 25 anos.

O processo tramita em segredo de Justiça na 2ª Vara Criminal da Comarca de Poços de Caldas. Na audiência, testemunhas de acusação e a própria vítima foram ouvidas.

Na semana que vem, está prevista a realização de nova audiência, desta vez, para ouvir as testemunhas de defesa. Só depois é que o empresário será ouvido pela Justiça. O processo segue em segredo de Justiça.

continua depois da publicidade



A ACUSAÇÃO
Paulo Molinari foi preso em casa no dia 16 de março, sob acusação de abuso sexual contra a filha. A prisão preventiva foi decretada pela Justiça no dia 6 de abril.

O caso ganhou grande repercussão após o jornalista Roberto Cabrini, da Rede Record, vir a Poços gravar um programa em que trouxe entrevista com a própria filha do empresário e trechos de vídeos onde o suposto abuso é cometido contra a vítima.