Paralisação do ponto base dos Bombeiros é questionada

Segundo vereador, ponto base dos Bombeiros está acom atividades suspensas

A possível paralisação das atividades do ponto base do Corpo de Bombeiros na Zona Sul de Poços de Caldas foi um dos assuntos abordados na última semana, durante sessão da Câmara.

Através de um requerimento aprovado em plenário, o vereador Jonei Eiras (PSDB) solicitou informações do Executivo sobre o atendimento da corporação no local. Em maio de 2014, a Prefeitura realizou a inauguração do ponto base naquela região. O espaço recebeu obras de adaptação e instalação de equipamentos de prevenção e combate a incêndio. Segundo Jonei Eiras, as atividades desenvolvidas no local já foram questionadas em outras oportunidades pela Câmara.

“Em resposta a um requerimento do vereador Paulo Eustáquio, em março do ano passado, a Secretaria de Defesa Social informou que o Corpo de Bombeiros havia interrompido temporariamente os serviços devido a algumas dificuldades referentes ao efetivo e à logística, mas que, naquele momento, as atividades já haviam sido retomadas. Entretanto, nas últimas semanas, recebemos notícias de que a base está, novamente, paralisada”, disse.

PARALISAÇÃO
No requerimento, o vereador questiona se a notícia da paralisação é verdadeira e, caso afirmativa a resposta, qual a previsão de retorno das atividades. “É um assunto que vem sendo discutido há bastante tempo, devido à importância do serviço oferecido na Zona Sul. Queremos saber, também, qual o valor atual do aluguel do imóvel e a possibilidade da Prefeitura rescindir o contrato de locação, caso tenha sido constatada a inviabilidade de manutenção das atividades naquela região”, pontuou.

O vereador destacou, ainda, a importância do equipamento para os moradores da Zona Sul. “Sabemos da necessidade de um atendimento rápido em casos mais graves e o ponto base foi criado para suprir as demandas da região sul, entretanto lamentamos caso seja verdadeira a notícia de que ele está novamente parado”, finalizou.

Sem comentários

Deixe uma resposta