Pau…tando 24/02/2021


Na coluna Pau…tando, leia o que acontece de mais importante nos bastidores políticos de Poços de Caldas.

FALTA DE ITENS BÁSICOS
O vereador Diney Lenon (PT) relatou que tem faltado materiais básicos na rede municipal de saúde. Ele recebeu denúncia de que está em falta o peróxido de hidrogênio para unidades de saúde. Além disto, a quantidade de álcool em gel disponível é insuficiente. Há ainda relatos de unidades de PSF que estão sem descarpack, que é o recepiente utilizado para o descarte de materiais utilizados nas unidades. “A higiene das unidades de saúde está comprometida e a demanda surgiu de profissionais dos PSF’s”, observou.

TOQUE DE RECOLHER
A exemplo do que está acontecendo em algumas cidades de Minas Gerais, a vizinha São João da Boa Vista (SP) poderá ser mais um município a aderir ao toque de recolher. Existe uma previsão de que a restrição aconteça a partir de quinta-feira, 25, e deverá valer por 15 dias. O toque de recolher proibirá a circulação de pessoas e veículos entre 19h e 5h.

continua depois da publicidade

VOLTA ÀS AULAS
O secretário municipal de Saúde, Mário Krugner, esteve ontem à noite na Câmara Municipal, a convite de vereadores. O secretário relatou aos vereadores que não vê neste momento segurança para que as aulas presenciais sejam retomadas. “Não existe remédio para Covid e ponto”, profetizou o secretário.

FALECIMENTO
O médico Agnaldo Siqueira Viana, diretor-presidente do Grupo Soitic, sediado em Poços de Caldas, morreu ontem, 23. O corpo de Agnaldo será cremado, a seu pedido.

DEMANDAS
O prefeito Sérgio Azevedo (PSDB) aproveitou a vinda do vice-governador Paulo Brant (Novo) a Poços para entregar uma relação com uma série de reinvindicações da cidade.