Morre o ex-vereador Antônio Carlos Pereira

Ele estava internado na UTI do Hospital da Unimed desde segunda-feira


O ex-vereador Antônio Carlos Pereira (DEM) morreu no começo da manhã desta quinta-feira, 14, vítima de Covid-19.

Ele estava internado na UTI do Hospital da Unimed, em Poços de Caldas, desde segunda-feira, 11, chegando a ter sido também intubado, após o quadro de saúde ter se agravado durante o período em que estava em isolamento domiciliar.

Antônio Carlos anunciou de forma pública que estava com Covid-19 no dia 6 de janeiro. Na ocasião, ele procurou tranquilizar os amigos e familiares, dando conta de que estava assintomático, sem dores pelo corpo, com paladar e olfato.

Ainda ontem, 13, a família chegou a postar uma nota oficial dando conta de que Antônio Carlos estava com quadro estável. No entanto, pediu privacidade e corrente de orações ao ex-vereador.

QUEM É QUEM
Antônio Carlos Pereira tinha 65 anos e nasceu em Palmeiral, no Distrito de Botelhos. Durante toda sua vida, teve forte atuação na política e na imprensa de Poços de Caldas.

Ele veio morar na cidade em 1969, onde viveu toda sua vida. A atuação na imprensa começou em 1979, quando começou escrevendo textos para o extinto jornal “Diário de Poços”. Logo em seguida, migrou para a Rádio Difusora AM, apresentando o programa “Beatlemania”.

Ainda em 1979, Antônio Carlos foi convidado para trabalhar na Rádio Cultura AM, para narrar jogos da Caldense, uma vez que tinha grande preferência em atuar no jornalismo esportivo. Em 1983, voltou para a Rádio Difusora, onde ficou até 2011, apresentando vários tipos de programas, entre eles, o “Linha Direta”, campeão de audiência durante as manhãs. Após sair da Difusora, passou a ter um programa diário na TV Poços, apresentando o “Canal Aberto”.

A carreira política começou em 1982, quando se filiou ao Partido da Frente Liberal (PFL). Na eleição municipal de 1988, foi eleito vereador pela primeira vez. Na Câmara Municipal, atuou por sete mandatos e foi presidente na legislaturas 1995-1996 e 2017-2018.

Em 2005, após não ter conseguido a reeleição à Câmara Municipal, foi convidado a ser secretário municipal de Esportes, na gestão do prefeito Sebastião Navarro (2005-2008).

Antônio Carlos era casado e deixa filhos.