Morre o ex-pracinha Jovino Gentilini

Jovino era um dos 16 pracinhas de Poços que lutou na Segunda Guerra Mundial

Morreu na segunda-feira, 6, em Poços de Caldas, aos 98 anos de idade, Jovino Gentilini, ex- da Força Expedicionária Brasileira (FEB).

O ex-pracinha da FEB estava internado no Hospital da Unimed de Poços de Caldas desde a quarta-feira passada, 1º. O corpo está sendo velado no Velório Municipal. O sepultamento acontecerá no Cemitério da Saudade, em Poços. O ex-pracinha recebeu homenagens militares.

QUEM É QUEM
Nascido em Poços de Caldas em 17 de maio de 1920, Jovino Gentilini deixa cinco filhos, entre eles, João Augusto Gentilini, professor universitário e ex-secretário municipal na gestão do prefeito Adnei Pereira de Moraes, além de netos e um bisneto.

Herói da FEB e veterano da Segunda Guerra Mundial, Jovino Gentilini combateu no front italiano durante um ano e meio, entre 1944 e 1945. Ele começou servindo na unidade de Pouso Alegre, depois seguiu para Juiz de Fora e na sequência, para o Rio de Janeiro, até o embarque à Europa.

Jovino foi sargento e depois tenente no Exército. Após a atuação no Exército, ele ingressou no serviço público como funcionário da Receita Federal, onde se aposentou.
Ele é um dos 17 pracinhas de Poços que atuou no conflito e era o último ainda vivo.