Morre Carminha Navarro, referência da promoção social em Poços

Carminha lutava contra um câncer e deixa três filhos


Morreu nesta sexta-feira, 22, aos 72 anos de idade, em Poços de Caldas, Carmem Murano Fares de Podestá Navarro Vieira, conhecida carinhosamente como Carminha Navarro.

O sepultamento ocorreu na manhã desta sexta, no Cemitério da Saudade. Carminha, que lutava contra um câncer, deixa três filhos.

No poder público, Carminha teve atuação de destaque no setor de promoção social. Nas gestões dos prefeitos Luiz Antônio Batista (1993-1996) e Geraldo Thadeu (1997-2000), atuou como coordenadora de Ação Social, cargo em que permaneceu até ser exonerada, em 1998.

Ela também atuou como coordenadora do Complexo do Monjolinho (1998) e gerente de Seção de Desenvolvimento de Projetos (2009-2012).

Mas foi na promoção social que ela se destacou e ganhou o reconhecimento da comunidade. Extremamente voluntariosa, Carminha dedicou-se com muito afinco para conseguir melhorias para o setor, que até então, funcionava com uma estrutura ainda tímida.

A bordo de uma Kombi que se tornou emblemática na defesa da promoção social em Poços, Carminha percorria as ruas da cidade, inclusive, de madrugada, no acolhimento de pessoas em situação de rua.

Carminha ainda ficou conhecida por promover os tradicionais “sopões” para as pessoas mais carentes, haja vista que conciliou a promoção social com a paixão que tinha pela culinária.

O perfil alegre, carismático e espontâneo a ajudou a enfrentar com mais leveza a difícil luta de lidar diretamente com essa parcela da população geralmente marginalizada pela sociedade. Carminha era natural de Assis (SP).

LUTO OFICIAL
A Prefeitura decretou luto oficial de três dias pelo falecimento de Carmen Murano Fares de Podestá Navarro Vieira, “que foi de expressiva relevância para o município, considerando sua inestimável contribuição, principalmente, na área social”.

Floricultura São Luis