Argentina migra ao Brasil e abre fábrica de massas em Machado

Maria Jimena Graciano percebeu carência no filão de massas de qualidade e investiu no setor

A argentina Maria Jimena Graciano, 38 anos, é uma entre mais de 58 mil imigrantes de diversas nacionalidades re-gistrados e residentes em 499 municípios mineiros, segundo dados do Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra).

Casada com um brasileiro, com quem tem duas filhas, de 10 e 16 anos, em 2009 ela deixou a província argentina de Santa Fé para morar em Minas Gerais e, desde 2017, é dona da casa de massas Dinastia, em Machado.

continua depois da publicidade

Lá ela produz massas integral e vegana congeladas, além de simples e recheadas, tipicamente italianas, que dispensam o uso de conservantes.

Nutricionista de formação, Jimena veio para o Brasil acompanhada pelo marido brasileiro, natural de Machado, que se formou em Medicina na Argentina e retornou à terra natal para exercer a profissão.

Ao desembarcar no país, ela diz ter encontrado dificuldades para atuar em sua área de formação. A dificuldade para encontrar massas caseiras de boa qualidade na cidade e região fez com que a empreendedora percebesse uma oportunidade de negócio e não demorou para que ela abrisse a loja.

“Uma boa alimentação tem tudo a ver com minha formação acadêmica. Além disso, tenho descendência italiana, o que ajuda muito. Juntei minhas economias e estruturei a Dinastia”, conta.

Em seguida, Jimena procurou o Sebrae Minas e se formalizou como microempreendedora individual (MEI). Desde então, teve acesso a orientações, palestras, oficinas e consultorias que a instrumentalizaram a gerir o negócio.

Em 2019, fez também o Empretec, capacitação que utiliza metodologia da Organização das Nações Unidas (ONU) para potencializar as características e o comportamento empreendedor. E assim surgiu a microempresa Dinastia.

Quatro anos após ter criado a empresa, Jimena diz que não se arrepende da decisão e tem planos para o futuro. “Amo o que faço, amo o Brasil e estou feliz aqui. Sinto saudades da minha terra natal, mas minha família e meus negócios estão aqui e meu objetivo é expandir e obter a certificação que me permitirá vender para grandes redes de todo o país”, antecipa.