Ex-vereadora Ciça se filia ao PT

Ciça estava sem partido e se filiou ao PT

A ex-vereadora Maria Cecília Figueiredo Opípari se filiou no final da tarde de sexta-feira, 1º, ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ciça estava sem partido desde que se desfiliou do PSB, legenda que ajudou a fundar, em 1996.

Neste período em que esteve sem filiação partidária, Ciça ocupou cargo comissionado na unidade da Hemominas em Poços de Caldas, da qual já de descompatibilizou, uma vez que será candidata nas eleições municipais de outubro. No período sem filiação partidária, Ciça chegou a ser cortejada por vários partidos políticos, mas até então não havia se decidido. Nas últimas semanas, os contatos com lideranças políticas foram intensos.

“Recebi muitos convites, mas por uma questão de coerência ideológica com a minha carreira política construída desde que participei da fundação do PSB, achei que o convite feito pelo PT foi o mais adequado neste momento”, explicou. O convite para se filiar ao PT partiu do ex-secretário de Educação, Rovilson Molina. Mesmo com poucos dias no partido, Ciça já tem recebido manifestações positivas de filiados da legenda.

Para o PT, a filiação da ex-vereadora acaba sendo um grande reforço em ano eleitoral, uma vez que ela goza de bastante prestígio junto à população. Além disto, a entrada da ex-vereadora na legenda ajuda a amenizar o desgaste junto à opinião pública diante da crise política nacional.

CANDIDATURA
Com 2.090 votos na última eleição municipal para a Câmara Municipal, Ciça ficou de fora da nova legislatura por questão do quoeficiente eleitoral, mesmo tendo sido a quinta mais votada entre todos os candidatos. O fato do PT ser um partido mais estruturado também pesou para a decisão.

A ideia inicial de Ciça é se lançar candidata a uma vaga na Câmara. Mas nos bastidores, já se comenta a possibilidade dela vir a ser candidata a vice na chapa do prefeito Eloísio do Carmo Lourenço (PT), o que a vereadora descarta, pelo menos, neste momento. “Vim para somar e agregar forças dentro do partido. Há pessoas de muito valor no PT e é preciso que as pessoas saibam separar o que acontece em âmbito nacional e aqui na nossa cidade”, completou.