Caldas implanta ala de atendimento de emergência para pacientes graves

Parceria entre Prefeitura e Santa Casa possibilitou a implantação de dois leitos


A Prefeitura de Caldas e a Santa Casa da cidade fizeram uma parceria para implantar dois leitos semi-intensivos para para tratamento de pacientes graves que precisem de ventilação mecânica e eventual intubação.

A medida foi tomada diante da superlotação das UTIs nas unidades de referência próximas a Caldas e com o aumento crescente de casos de infecção por coronavírus no município. Os leitos equipados serão mantidos permanentemente na unidade.

A estruturação da ala de atendimento de emergência ou semi-intensiva é fruto de parceria. Os respiradores foram fornecidos pela Prefeitura e um carrinho anestésico foi doado pela Mineradora da Paz.

continua depois da publicidade

A Prefeitura também comprou um ventilador mecânico e conseguiu emprestado da Secretaria de Saúde de Poços de Caldas uma bomba de infusão.

Os profissionais envolvidos são contratados pela Santa Casa. Uma parcela dos trabalhadores é paga com recursos próprios do hospital e outra parte é subsidiada pela Prefeitura.

A Santa Casa de Caldas atende a pacientes com Covid-19 desde o início da pandemia. “Há espaço reservado e profissionais treinados. Agora, no entanto, será possível manter pacientes graves estabilizados no próprio município pelo tempo que seja necessário”, disse o diretor Jeferson Silva Carvalho.