Prefeitura inicia limpeza de aguapés na represa Bortolan

Já nesta segunda-feira (26), equipes da prefeitura estiveram no local para analisar as estratégias para o início da operação


Uma reunião realizada neste sábado (24), no gabinete do prefeito Sérgio Azevedo, contou com representantes de diversos setores do município com objetivo em traçar estratégias e providências quanto aos aguapés e a qualidade da água na Represa Bortolan. Uma comissão está sendo montada, cujo presidente será o diretor do DMA- Departamento de Meio Ambiente de Poços, Joelmar Lucas de Andrade. Um plano de ação está sendo elaborado pela equipe com enfoque em realizar a limpeza e o controle da qualidade da água na represa.

Para este trabalho foram necessários estudos específicos para entender a causa do aparecimento dessa quantidade atípica de aguapés. De acordo com o diretor do DMA- Departamento de Meio Ambiente será um trabalho contínuo e não se restringe apenas a retirada dos aguapés. “A retirada parcial já está sendo feita com utilização de máquinas e descarte adequado dos aguapés, mas além desta intervenção específica o objetivo é em prosseguir com análises e com o controle da qualidade da água da represa. Se aparecem aguapés, quer dizer que a água está poluída e faremos gradativamente a despoluição para barrar a proliferação desta planta aquática.”

continua depois da publicidade

O serviço conta com apoio da secretaria de Defesa Social, por meio da Guarda Civil Municipal. Os aguapés são levados até a beira da represa para que uma máquina possa retirar a espécie e fazer o descarte corretamente.

As equipes seguem nos próximos dias na continuidade dessa retirada parcial.

“A retirada dos aguapés é parcial, até porque, muito embora a espécie se prolifere de maneira exagerada, o aguapé é um excelente agente de limpeza e contribui para a filtragem de bactérias e toxinas. De qualquer forma, faremos o controle da qualidade da água e assim o local estará mais apropriado para utilização da população, seja para esportes náuticos em geral ou até mesmo para lazer”, finaliza o diretor do Departamento de Meio Ambiente.